Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Paulo Sousa é tratado como o técnico favorito para assumir o comando da seleção do Egito, segundo a imprensa portuguesa. Após ser demitido do Flamengo, o Mister está livre no mercado e aberto a negociação.

Entre setembro de 2021 e abril de 2022, os Faraós foram dirigidos por Carlos Queiroz. No entanto, o português pediu demissão após não classificar sua equipe para a Copa do Mundo, tendo perdido o mata-mata das Eliminatórias para Senegal.

Após a saída de Queiroz, o Egito anunciou a contratação de Ehab Galal. No entanto, o treinador local foi demitido após duas derrotas em três jogos disputados. A equipe de Salah perdeu para a Etiópia por 2 a 0 e Coreia do Sul por 4 a 1.

Antes de chegar no Rio de Janeiro, Paulo Sousa também teve a experiência de comandar a seleção polonesa. Além disso, o Mister já passou por diversos clubes, como Bordeaux, TJ Quanijan, Fiorentina, Basel, Maccabi Tel-Aviv, Videoton, Leicester, Swansea e Queens Park Rangers.