ISTOÉ Gente

Patati Patatá cancelam shows e demitem funcionários por causa da pandemia

Crédito: Reprodução/ Instagram

Eventos que precisam de plateia foram muito prejudicados economicamente por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus. Os circos são um deles. Por causa da paralisação das atividades, o circo itinerante de Patati Patatá que viajava o Brasil precisou cancelar seus shows e até demitir funcionários.

Em março os palhaços cancelaram as apresentações no Rio de Janeiro e no Piauí, por recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde). O picadeiro fixo fica no Tatuapé, em São Paulo, e as outras três unidades percorrem o país. Em entrevista ao Na Telinha, Rodrigo Molina, diretor do circo, explica quais os planos para o futuro.

“Temos planos para voltar com o circo com as quatro unidades, mas se passaram tantos meses que não sei se vamos reabrir os quatro circos de uma vez. Temos um desejo muito grande de voltar como era, mas provavelmente teremos que voltar de forma paliativa, inicialmente com duas unidades”, disse. Ele também contou que em certo momento, teve que fazer cortes. “Mas deixando sempre claro para as pessoas que queremos contar com elas quando voltarmos, obviamente se quiserem”, finalizou.

A solução tem sido drive-in, ou seja, a plateia fica no carro assistindo ao show circense de longe e sem contato com outras pessoas.

+ Briga de vizinhos termina com personal trainer morta a facadas no interior de SP

Veja também

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?