ISTOÉ Gente

Pastor é processado por orar pela morte de Paulo Gustavo

Crédito: Divulgação

O pastor José Olímpio, da Assembleia de Deus de Alagoas, vai ser processado pelo crime de homofobia por diversas entidades LGBTQIA+ e grupos de direitos humanos após declarar que ora pela morte de Paulo Gustavo, que está internado há mais de um mês com a Covid-19. As informações são do Congresso em Foco, do UOL.

“Eu oro para que o dono dele o leve para junto de si”, disse o pastor nas redes sociais. A publicação foi apagada após pós a repercussão negativa.

“É urgente que crimes como estes, motivados por homofobia, sejam enquadrados da tipificação da LGBTfobia , na lei de combate ao racismo de n. 7.716/2018, e que punições mais rigorosas e severas sejam tomadas  contra condutas homofóbicas e atos discriminatórios como o em questão”, diz a nota assinada pelas entidades.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS