Brasil

Parte de manifestantes se decepciona por Bolsonaro não ordenar invasão ao STF

A militância bolsonarista mais agitada na manhã desta terça-feira, 7, que esperava por um comando direto do presidente da República, Jair Bolsonaro, para invadir o Supremo Tribunal Federal (STF), apresentou sinais de decepção após o discurso presidencial. No pronunciamento, Bolsonaro dirigiu suas críticas, sem citá-lo, ao ministro Alexandre de Moraes, que investiga o presidente e seguidores em inquérito das fake news.


Entretanto, durante a fala o presidente da República disse que não queria ruptura e nem conflito com os demais poderes.

Localizados próximos ao Palácio do Itamaraty, um grupo de manifestantes passou parte da manhã aliciando caminhoneiros para que tentassem furar o bloqueio policial que impedia o acesso ao STF.

Esse mesmo grupo demonstrou desapontamento.