Mundo

Parlamento venezuelano autoriza uso de US$ 3,5 milhões sob controle de Guaidó

Parlamento venezuelano autoriza uso de US$ 3,5 milhões sob controle de Guaidó

(Arquivo) O líder da oposição venezuelana e autoproclamado presidente encarregado Juan Guaidó - AFP

O Parlamento venezuelano autorizou nesta terça-feira (19) o uso de 3,5 milhões de dólares de contas sob controle do opositor Juan Guaidó, reconhecido presidente interino por 50 países, para a defesa legal do Estado no exterior.

Os recursos, que estão depositados nos Estados Unidos, serão administrados por um “Fundo Especial de Litígio” criado pelo Legislativo, de maioria opositora e presidido por Guaidó.

Seu destino será a defesa “judicial e extra-judicial” dos ativos administrados pelo Banco Central da Venezuela (2 milhões de dólares) e a petroleira estatal PDVSA (1,5 milhão de dólares), aponta um acordo aprovado em plenária.

Eles serão usados para pagar “honorários profissionais e despesas legais associadas à proteção, recuperação e controle de ativos”, detalha o texto.

No âmbito de sua luta pelo poder com o presidente socialista Nicolás Maduro, Guaidó nomeou conselhos administrativos do Banco Central e da PDVSA, que não são reconhecidos pela Justiça venezuelana.

Da mesma forma, os Estados Unidos, seu maior aliado, cederam o controle da Citgo, subsidiária da PDVSA naquele país e maior posse da Venezuela no exterior.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Rafa Kalimann ensina receita de palha italiana; veja o vídeo
+ Juliana Caetano, do Bonde do Forró, fala sobre proposta de 500 mil reais que recebeu
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior