Mundo

Parlamento russo elimina limite de idade para recrutas do Exército

Parlamento russo elimina limite de idade para recrutas do Exército

Tropas russas fazem exercícios militares na região de Rostov


(Reuters) – O Parlamento russo aprovou uma lei na quarta-feira removendo o limite superior de idade para o serviço militar, em meio a pesadas baixas na Ucrânia.

Os legisladores da Câmara Baixa da Duma aprovaram a lei em três leituras em uma única sessão, com a Câmara Alta, o Conselho da Federação, dando seu parecer favorável pouco tempo depois. O projeto agora precisa apenas da sanção do presidente Vladimir Putin para se tornar lei.

Vyacheslav Volodin, presidente da Duma, disse: “Hoje, especialmente, precisamos fortalecer as Forças Armadas e ajudar o Ministério da Defesa. Nosso comandante supremo está fazendo tudo para garantir que nossas Forças Armadas vençam, e nós precisamos ajudar”.

Atualmente, apenas os russos de entre 18 e 40 anos e os estrangeiros de entre 18 e 30 anos podem se alistar como soldados profissionais nas Forças Armadas russas.

As forças russas sofreram perdas significativas nos combates na Ucrânia.

O Ministério da Defesa disse em 25 de março que 1.351 militares russos haviam sido mortos e 3.825 feridos desde que Moscou enviou suas Forças Armadas para a Ucrânia em 24 de fevereiro. Desde então, o ministério não atualizou seus números de baixas.

Tanto autoridades da inteligência ucraniana quanto ocidentais disseram que as perdas da Rússia na Ucrânia foram significativamente maiores na época, e aumentaram acentuadamente desde março.

(Reportagem da Reuters)

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4O0M8-BASEIMAGE