POLÍTICA

Parlamento austríaco adota lei que restringe direito de asilo


O parlamento austríaco adotou nesta quarta-feira um controvertido projeto de lei que restringe drasticamente o direito de asilo, em um cenário dominado pelo grande avanço eleitoral da extrema-direita nas presidenciais desse país que acolheu 90.000 refugiados em 2015.

A nova lei, adotada por 98 votos contra 67, é uma das mais rígidas da Europa, e em particular limita a três anos a duração da estada depois de uma demanda inicial aprovada e prevê um estado de emergência migratória dentro do qual os migrantes ficarão bloqueados nas fronteiras sem poder, inclusive, apresentar um pedido de asilo.

phs/pjl/jz/age/mb/cn

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio