Esportes

Paris tem setor hoteleiro saturado às vésperas da final da Liga dos Campeões

Os torcedores de Real Madrid e Liverpool fizeram com que o setor hoteleiro de Paris, uma cidade acostumada com o turismo, atingisse níveis de ocupação e preço históricos. A demanda por hospedagem por causa da final da Liga dos Campeões deste sábado fez como que um quarto em um hotel três estrelas custasse mais de 1 mil euros (R$ 5 mil) por noite, segundo o jornal Le Monde.

A decisão acontece na mesma semana em que Paris recebe Roland Garros. Vale lembrar que o jogo estava agendado inicialmente para o Estádio Krestovski, na cidade russa de São Petersburgo, mas foi transferido em função da invasão da Rússia à Ucrânia.


Ainda que apenas 52 mil pessoas serão os privilegiados que poderão assistir ao jogo no Stade de France, outros tantos devem viajar a Paris na esperança de encontrar entradas na mão de cambistas, ou para participar dos ‘fan fest’ organizadas pela Uefa. Estima-se que somente de torcedores do Liverpool sejam cerca de 50 mil, já os madrilenhos virão em menor número.

Para que se tenha uma ideia, Paris, hoje, possui 85 mil quartos de hotel disponíveis e ao redor de 30 mil alojamentos turísticos mobiliados. Segundo o barômetro MKG, duas semanas antes da final, 88% dos alojamentos disponíveis na capital francesa já estavam reservados.

MUDANÇA DE SEDE

Pela segunda vez consecutiva a cidade russa de São Petersburgo perde a oportunidade de sediar uma final da Liga dos Campeões. A primeira na edição de 2020/21, quando o jogo foi transferida para Portugal por causa da pandemia de covid-19.

Desta vez, por causa da guerra. A França foi escolhida porque não tinha muitos clubes nas oitavas de final da competição – apenas Paris Saint-Germain e Lille. O presidente francês, Emmanuel Macron, também participou da decisão. Esta foi apenas uma da série de sanções no âmbito do esporte que afetaram os russos desde o início do conflito em fevereiro.

COMO É O STADE DE FRANCE

O estádio Stade de France, em Saint-Denis, região metropolitana de Paris, foi construído para receber os jogos da Copa da França de 1998.

Sua infraestrutura conta com uma plataforma móvel, uma grade extensível ou retrátil, que pode ser tirada para descobrir a pista de atletismo. Sua capacidade total é de 81.338 espectadores, ainda que para essa oportunidade foram disponibilizados apenas 64% dos lugares.

Foram realizadas duas finais da Liga dos Campeões no Stade de France: o Real Madrid derrotou o Valência por 3 a 0, em 2000, e Barcelona bateu o Arsenal, em 2006, no histórico gol do lateral-direito Belleti.