Cultura

Paris abrirá em 2019 seu primeiro museu permanente da moda

Paris abrirá em 2019 seu primeiro museu permanente da moda

(Arquivo) O Palácio Galliera (C), em Paris, em 6 de dezembro de 2013 - AFP/Arquivos

Paris, berço e capital da moda, abrirá em 2019 seu primeiro museu permanente dedicado a esta indústria, com o mecenato da Chanel, uma das marcas mais emblemáticas.

O Palácio Galliera, que exibe exposições temporárias de moda desde 1977, terá uma galeria para expor uma coleção permanente, montada a partir de 200.000 objetos (roupas, acessórios e fotografias, entre outros) que fazem parte dos arquivos da instituição, segundo um comunicado divulgado na segunda-feira.

A Chanel contribuirá com o financiamento das obras, de um custo calculado em 5,7 milhões de euros, indicou o comunicado.

Estas salas serão batizadas de “Gabrielle Chanel”, em homenagem à fundadora da marca.

A galeria estará localizada no subsolo do Palácio Galliera, em uma superfície de 670 m2, e percorrerá a história da moda, do século XVIII até hoje.

“Graças ao valioso apoio da Chanel, a história da moda, a excelência da alta costura francesa, o ‘savoir faire’ e a criação terão agora” um local de prestígio, indicou na nota Olivier Saillard, diretor do Palácio Galliera.