O Dia

‘Parem de nos matar’: Após morte de menina de 8 anos, moradores protestam no Alemão

Menina de 8 anos morreu após ser baleada nas costas no Complexo do Alemão. Moradores pedem paz e criticam política de enfrentamento nas favelas do Rio

Rio – Moradores do Complexo do Alemão organizam um protesto na manhã deste sábado, após o assassinato de uma menina de 8 anos de idade. O ato começou às 8h, na região da Grota, e a caminhada segue pelas ruas da comunidade, com moradores e populares falando ao microfone.
“Eu quero dizer pra esses policiais, que estão ao alcance da nossa voz: pense nos filhos de vocês também, antes de fazer uma covardia dessas. Vocês também tem família, tem mãe, tem filho. Não houve troca de tiros, não. Por favor, respeitem o nosso direito de ir e vir. Aqui é uma comunidade em que moram pessoas de bem. Por favor.”, suplicou uma moradora. 
Agatha Félix, de 8 anos, foi baleada nas costas enquanto estava em uma kombi, na noite desta sexta-feira. Ela chegou a ser socorrida no Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas não sobreviveu. De acordo com testemunhas, a menina foi atingida por disparos feitos por policiais militares da UPP Fazendinha, que tentaram atingir uma moto considerada suspeita.