Cultura

Parceiros de Robert Cray

B.B. King

Definido por Cray como sua primeira inspiração no blues, King também foi parceiro de palco em diversas ocasiões. Em uma delas, no Crossroads Festival, Cray deveria tocar e King cantar uma canção, mas com a anuência do mestre, Cray não o deixou cantar. Eric Clapton e Jimmie Vaughan também estavam esperando um chamado para o palco, que não veio antes do fim da música, ele conta rindo

Chuck Berry

Cray participou das filmagens de Hail! Hail! Rock ‘n’ Roll, filme de Taylor Hackford e Keith Richards com a gravação de dois shows de Chuck Berry em 1986. As histórias sobre as diversas faíscas entre Keith e Chuck são famosas, e Cray estava ali assistindo a tudo de perto. “Eu era o cara novo. Chuck me tratou muito bem, mas acho que ele nunca confiava em ninguém, e o filme acabou sendo sobre isso também”, lembra.

Stevie Ray Vaughan

Robert Cray e Stevie Ray Vaughan já haviam tocado juntos em diversas ocasiões – mas também naquela noite de agosto de 1990, que seria o último show da vida de SRV, morto tragicamente em um acidente de helicóptero após a apresentação em Alpine Valley, Wisconsin. “Nós nos divertimos por lá, conversamos sobre nossas famílias, tiramos fotos. É assim que eu gosto de lembrar”, diz Robert Cray

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.