Saúde da mulher

Parar de fumar engorda? Saiba como evitar

Crédito: Freepik

Para algumas pessoas, a preocupação de engordar está entre os desafios de deixar o tabagismo. De acordo com uma pesquisa feita pelo Hospital Universitário da USP (SP), quem para de fumar costuma ganhar cerca de 3 a 4 kg. Além disso, 10% dos ex-fumantes ganham uma quantidade avantajada de peso. Ou seja, isso realmente pode acontecer, mas entre os riscos do tabaco e o peso a mais na balança, a primeira opção pode trazer danos e problemas irreversíveis à saúde de forma mais rápida.

+ Dia Nacional de Combate ao Fumo: risco de doenças em mulheres fumantes pode ser maior em relação aos homens

+ Tabagismo pode acelerar o envelhecimento feminino a curto prazo, alerta especialista

Rogério Oliveira, nutricionista especialista em saúde, qualidade de vida e emagrecimento, explica que a diminuição do apetite é um dos efeitos da nicotina, que também possui alguns compostos isolados capazes de favorecer o emagrecimento entre algumas pessoas. “Porém, não podemos nos esquecer que o seu uso é prejudicial à saúde, pois é uma substância tóxica, que em doses altas pode ser cancerígena e letal”, alerta.

Alguns fatores contribuem para engordar ao parar de fumar, como a mudança no metabolismo, paladar e olfato, prejudicados pela nicotina. Também é comum sentir maior necessidade de se alimentar, devido à ansiedade causada pela abstinência, principalmente nos primeiros dias.

O especialista destaca que o primeiro passo para quem quer evitar o ganho de peso durante esse processo, é preparar a despensa e não ter estoque de guloseimas para devorar em caso de ataque compulsivo de abstinência. “Recomendo abastecer a geladeira com alimentos saudáveis, como frutas. Também é muito importante fazer um acompanhamento nutricional e psicológico, além da praticar exercícios para ajudar na liberação de substâncias e hormônios que proporcionam a sensação de bem-estar”, indica Rogério.

Manter a boa alimentação é o principal pilar, isso inclui a hidratação com, pelo menos, dois litros de água por dia. Evite o consumo de álcool e café, prefira alimentos como frutas, legumes e verduras, mas não faça uma dieta restritiva, porque isso pode causar ansiedade e vontade de retomar o hábito de fumar. As atividades físicas também são boas aliadas, vale danças, ciclismo, artes marciais, natação, o importante é fazer algo que te satisfaz.

Como parar de fumar

O pneumologista Arthur Feltrin dá quatro dicas para quem deseja abandonar o hábito; confira:

1- Para começar, escolha o dia da sua mudança de estilo de vida e marque na sua agenda digital para celebrar as pequenas conquistas.

2- Identifique em quais situações você fica com mais vontade de fumar e, em seguida, altere pequenos detalhes em sua rotina. Isso confundirá o seu relógio biológico e ajudará no processo.

3- Realize a prática diária de atividades físicas, pois manter o corpo em movimento irá diminuir os sintomas de irritabilidade que a falta do cigarro pode trazer.

4- A nicotina é uma droga altamente viciante e, normalmente, caminhar sozinho nessa fase pode ser ainda mais desafiador. Converse frequentemente com o seu pneumologista, que além de avaliar sua saúde, poderá te ajudar nesse processo. ⠀


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua