Esportes

Paraguai comemora empate entre Equador e Japão e se prepara para enfrentar o Brasil

Nem o convidado Japão, nem o Equador. O Paraguai de Eduardo Berizzo agradeceu e comemorou à distância, porque japoneses e equatorianos não saíram de um empate em 1 a 1 nesta segunda-feira no encerramento do Grupo C da Copa América e os dois foram eliminados.

Com isso os paraguaios vão enfrentar o Brasil na quinta-feira, em Porto Alegre.

O Paraguai não traz boas recordações para os atuais anfitriões. O time eliminou a seleção brasileira nas Copas América de 2011 e 2015, exatamente nas quartas de final.

No jogo desta segunda-feira no Mineirão em Belo Horizonte, Shoya Nakajima abriu o placar aos 15 minutos, fazendo um gol que foi confirmado mediante o auxílio do VAR depois de ter sido inicialmente anulado. Mas Ángel Mena empatou para os equatorianos ainda no primeiro tempo, aos 35.

Os dois times continuaram buscando o gol mas sem sucesso. Embora tenham criado chances claras na reta final, nenhum teve calma suficiente na hora de definir, e um gol do ‘Messi japonês’, Tekefusa Kubo, foi anulado nos acréscimos (90+6).

O técnico do Japão, Hayime Moriyasu, lamentou a eliminação de sua equipe, mas lembrou que seus jogadores “têm que aprender o máximo que puderem, com muita humildade, respeitando seus adversários e entendendo que podem fazer nosso futebol progredir”.

“Me parece que o futebol no Japão está melhorando e na Ásia de maneira geral. Conseguimos fazer bons jogos com equipes muito fortes do mundo todo”, acrescentou.

O Grupo C terminou com o Uruguai em primeiro, com sete pontos, seguido pelo Chile, com seis. O Japão encerrou sua participação com dois e o Equador com apenas um.

O resultado classificou o Paraguai como um dos melhores terceiros porque somou dois pontos no Grupo B, mas teve melhor saldo de gols do que o Japão.

— Jogos das quartas de final da Copa América 2019 (horário de Brasília)

– Quinta-feira (em Porto Alegre):

Brasil – Paraguai (21h30)

– Sexta-feira (no Rio de Janeiro):

Argentina – Venezuela (16H00)

– Sexta-feira (em São Paulo):

Chile – Colômbia (20H00)

– Sábado (em Salvador)

Uruguai – Peru (16H00)

erc/mcd/aam