Esportes

Para especialistas, Sevilla e Manchester fazem prinicpal semi da Liga Europa

Manchester United e Sevilla se enfrentam no domingo, na cidade alemã de Colônia (19h00 GMT), em uma semifinal com resultado incerto entre duas equipes experientes nas últimas rodadas de competições europeias.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Os ‘Red Devils’, vencedores de suas últimas quatro semifinais europeias (da Liga dos Campeões em 2008, 2009, 2011; da Liga Europa em 2017), contra os andaluzes, campeões da competição nas últimas três vezes em que chegaram às semifinais (2014 , 2015, 2016).

Ambos clubes pertencem a países que conquistaram as últimas oito edições da Liga Europa – cinco para a Espanha e três para a Inglaterra – mas com modelos de administração radicalmente opostos.

Enquanto o United gasta sem medir e nem sempre com muito julgamento, os espanhóis são o protótipo de um clube que descobre talentos por um preço baixo para vendê-los por um preço alto.

As contratações de Paul Pogba, Anthony Martial, Bruno Fernandes e Harry Maguire custaram o equivalente ao orçamento de dois anos do Sevilla, que neste verão poderá alcançar os mesmos ganhos de capital com as eventuais vendas do brasileiro Diego Carlos ou do espanhol Sergio Reguilón como as realizadas com Dani Alves ou Ivan Rakitic nos últimos anos.

Mas no gramado o jogo promete ser tão imprevisível como nas finanças.

Em forma espetacular, o Sevilla acaba de bater seu recorde de 19 partidas sem derrota, marca alcançada na classificação à semifinal, ao superar o inglês Wolverhampton por 1 a 0 (10 vitórias, 9 empates), contando todas as competições.

Um recorde conquistado graças a uma defesa quase insuperável, já que nas últimas oito partidas sofreu apenas um gol, frente ao Athletic Bilbao.

– Defesa de ferro contra ataque de fogo –

Um argumento de peso contra um United que sofreu para superar a retranca do FC Copenhagen nas quartas de final, conseguindo passar à fase seguinte graças a um pênalti convertido pelo português Bruno Fernandes (1 a 0).

O time de Sevilha tem, talvez, uma ligeira vantagem psicológica. No último duelo entre as duas equipes, em março de 2018, o clube espanhol venceu em Old Trafford (2 a 1) no jogo de volta na fase de grupos da Liga dos Campeões, após um empate sem gols em casa. E três remanescentes deste encontro estarão novamente diante dos ingleses.

Já o United, por sua vez, apostará tudo no talento ofensivo e na criatividade.

A sua linha de ataque, composta por Marcus Rashford, Martial e Mason Greenwood, apoiada por Pogba e Fernandes, será um desafio à altura para a defesa do Sevilla.

Com a vaga para a próxima Liga dos Campeões no bolso, os dois clubes estão tentando engordar sua sala de troféus com uma nova Liga Europa.

“É importante vencer, pois todos os jogadores devem entender o que é ganhar um título com o Manchester United”, disse Bruno Fernandes. “Se terminarmos com um troféu, não terá sido perfeito, mas terá sido um bom ano”, acrescentou o português.

As vitórias anteriores “nos deram grande alegria”, confirmou o capitão do Sevilla, Jesús Navas, que voltou para casa após sua passagem pelo Manchester City entre 2013 e 2017.

“Nestes momentos difíceis que todos vivemos, ganhar a Liga Europa para os torcedores e para todos nós seria ótimo”, concluiu.

hap-pve/gh/lca

Veja também

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea