Esportes

Para Arnaldo Ribeiro, ‘Palmeiras não joga o mata-mata do Paulista’

O comentarista ponderou que, utilizando o time reserva, o Palmeiras teria dificuldades de avançar de fase

Para Arnaldo Ribeiro, ‘Palmeiras não joga o mata-mata do Paulista’

O Palmeiras viveu turbulências na última semana. Com dois vice-campeonatos seguidos, na Recopa Sul-Americana e Supercopa do Brasil, a derrota no clássico diante do São Paulo fez com que os muros do Allianz Parque amanhecessem pichados com cobranças. Após o tropeço contra o Botafogo-SP, o comentarista Arnaldo Ribeiro analisou a situação do alviverde.
+ Confira a classificação do Campeonato Paulista

Segundo o comentarista, o Palmeiras não deve avançar de fase por alguns aspectos. Os principais seriam a opção de Abel Ferreira em escalar jogadores reservas na grande maioria de jogos, além de um grupo difícil, onde Red Bull Bragantino e Novorizontino apresentam os melhores rendimentos.

– O Palmeiras nesse campeonato ele poucas vezes usou o time titular, nos clássicos, contra o São Paulo usou um time misto, no clássico contra o Corinthians ele nem divulgou que iria ter jogo na rede social dele, escondeu o jogo em protesto, ele queria o jogo adiado, e ele está numa chave, ele vai ser eliminado do campeonato, a minha impressão é que o Palmeiras não joga o mata-mata do Paulista, podem me cobrar depois – afirmou.


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



– A chave do Palmeiras é a mais difícil, tem o Bragantino que é melhor que ele hoje, o Bragantino é um time mais consistente do que o Palmeiras em transição, é melhor que ele, já disparou, o Novorizontino tem um aproveitamento melhor que o Palmeiras, que é o segundo colocado, o Palmeiras é o terceiro de fato e o Palmeiras, para mim, não passa de fase, não joga nem as quartas de final – completou.

O jornalista ainda aponta a instável relação entre Palmeiras e Federação Paulista de Futebol como um dos motivos para o Alviverde não dar atenção ao campeonato.

– É um pouco essa situação que não é explícita, mas é colocada de certa forma, até pela diretoria do Palmeiras, que vive às turras com a Federação Paulista, reclama desde quando o Corinthians ganhou o campeonato lá no Allianz Parque. Isso vai ‘cair bem’, porque vai dar uma folga e o Palmeiras é o atual campeão paulista, não precisa do campeonato, não está na fila, o que não quer dizer que o desempenho e a performance dele no Campeonato Paulista não seja uma vergonha – disse.

– Nós vamos falar do Palmeiras a mesma coisa que a gente falou quando o Corinthians não se classificou, quando o São Paulo teve problemas ou o Santos. O grande que não consegue classificar entre os oito do Campeonato Paulista fracassou, é um vexame, pode ser com o reserva, sub-20, dente de leite, fraldinha, chupetinha. Se não se classifica para os oito melhores, é um vexame e vai ser um vexame, mas eu acho que o Palmeiras não vai se classificar e aí vai ter uma folguinha, uma pequena folguinha para manejar os outros campeonatos – finalizou Arnaldo Ribeiro.

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira, em sua estreia na Copa Libertadores 2021, diante do Universitário, às 21h00.

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS