Brasil

Para Álvaro Dias, decisão de tribunal de 2ª instância deveria prevalecer

Pré-candidato à Presidência pelo Podemos, o senador Álvaro Dias defendeu nesta quinta-feira, 22, a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Sou favorável ao estado de direito democrático, se é para valer a legislação, tem de ser cumprida; e, se a legislação é cumprida, você sabe qual é o destino: condenação em segunda instância é prisão, condenação de pleno em tribunal é inelegibilidade. Então, não tenho o que dizer, quem diz é a lei”, afirmou ele, que se encontrou com empresários em Curitiba (PR).

Questionado se, com uma possível saída de Lula do páreo eleitoral, ele poderia buscar os eleitores do ex-presidente, Dias respondeu que “não temos de ir atrás desse ou daquele eleitor, mas colocar a proposta de ruptura com esse sistema, corrupto e incompetente”.

Presente ao evento em Curitiba, a presidente nacional do partido, deputada Renata Abreu (SP), disse que o pré-candidato do partido ao Senado por São Paulo deverá ser Mario Covas Neto, que deixou o PSDB em fevereiro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel