ISTOÉ Gente

Paquita que inventou agressão do ex-marido vira coach e influencer

Crédito: Reprodução/Instagram

Ana Paula Almeida, a ex-paquita Pituxita, que acusou falsamente o marido de agressão dois meses atrás, resolveu mudar de vida. Em entrevista ao Notícias da TV, ela disse que se tornou uma pessoa melhor desde que assumiu o erro e virou alvo de críticas nas ruas, nas redes sociais e até mesmo entre familiares e amigos. Precisou se isolar por conta da repercussão negativa do caso.

“Fiquei duas semanas mal. Dormia pouco e quase não comia. Passei por um furacão que devastou a minha vida e aí eu resolvi enfrentar os medos, encarar os erros para me transformar em uma pessoa melhor. Hoje, eu sei que me transformei em uma mulher melhor”, discursa Pituxita, 42 anos.

Ela virou uma espécie de influencer e coach nas redes sociais e já apareceu como cotada para a próxima edição de A Fazenda, fato que ela nega.

Pituxa também já perdeu 24 kilos desde então “Recebi muito apoio de amigos e ajuda de especialistas. Estou estudando, me cuidando fisicamente, me fortalecendo mental e espiritualmente para ajudar as mulheres que passaram e, muitas ainda passam, por traumas como o meu, a agressão de um companheiro”.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Deputado dos EUA sugere mudar órbita da Lua para combater aquecimento
+ Ex-parceiro de Cristiano Araújo é encontrado morto
+ Policial militar mata a tiros quatro pessoas em pizzaria de Porto Alegre
+ Sérgio Mallandro diz que atrapalhou sexo de Xuxa com Ayrton Senna
+ Mano Brown se irrita com possível acerto do Santos com volante do Corinthians: ‘Tá tirando’
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago