Mundo

Papa nomeia Mario Draghi para academia de ciências sociais

CIDADE DO VATICANO, 10 JUL (ANSA) – O papa Francisco nomeou nesta sexta-feira (10) o ex-presidente do Banco Central Europeu (BCE) Mario Draghi como membro ordinário da Pontifícia Academia de Ciências Sociais.   

A entidade foi criada em 1994, por João Paulo II, e tem como objetivo promover os estudos em campos como economia, direito, política e sociologia, em diálogo com a doutrina da Igreja Católica.   

Presidente do BCE entre 2011 e 2019, Draghi é tido como um dos principais responsáveis por evitar o naufrágio do euro durante a crise financeira do início da década.   

Uma frase proferida pelo italiano em julho de 2012 – “O BCE está pronto para fazer o que for preciso para preservar o euro e, acreditem em mim, isso será o bastante” – virou símbolo de sua gestão e de que o banco não mediria esforços para preservar a moeda comum.   

Além de Draghi, o papa Francisco também nomeou para a Pontifícia Academia de Ciências Sociais os professores de sociologia Pedro Morandé Court (Pontifícia Universidade Católica do Chile) e Kokunre Adetokunbo Agbontaen Eghafona (Universidade de Benim, na Nigéria). (ANSA)

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?