Mundo

Papa nomeia cardeal filipino para cargo global no Vaticano

CIDADE DO VATICANO, 8 DEZ (ANSA) – O papa Francisco anunciou neste domingo (8) a nomeação do arcebispo de Manila, cardeal Luís Antônio Tagle, para liderar a Congregação para a Evangelização dos Povos, responsável por supervisionar o trabalho da Igreja Católica em diversos países. Com a decisão, o atual prefeito Fernando Filoni assumirá o cargo de Grão-Mestre da Ordem do Santo Sepulcro substituindo o cardeal Edwin Frederick O’Brien, que renunciou em abril de 2019.   

De acordo com o Vatican News, com a nomeação de Taagle um cardeal asiático volta a liderança de Propaganda Fide – nome antigo do importante departamento de evangelização, que também é responsável pelas nomeações episcopais em terras de missão -, depois de ser comandado pelo cardeal indiano Ivan Dias (2006-2011). Luís Antônio Gokim Tagle, nascido em 21 de junho de 1957, em Manila, foi ordenado sacerdote em 1982. Ele estudou nos Estados Unidos, onde obteve o doutorado em Teologia com uma tese sobre a evolução da noção de colegialidade episcopal a partir do Concílio Vaticano II. Logo depois, passou sete anos em Roma para aprofundar seus estudos e em 1997 ingressou na Comissão Teológica Internacional.   

Depois de ter sido pároco da catedral de Imus, aos 44 anos foi nomeado bispo dessa diocese pelo então papa João Paulo II em outubro de 2001. Em 13 de outubro de 2011, Bento XVI nomeou-o Arcebispo Metropolita de Manila e treze meses mais tarde, em novembro de 2012, durante o último Consistório do Pontificado do papa Ratzinger, recebeu o chapéu de cardeal. Além de liderar a diocese da metrópole filipina, Tagle é também presidente da Caritas Internationalis e da Federação Bíblica Católica. Com a designação de Tagle, dois novos chefes de departamento serão instalados no início de 2020 na Cúria Romana.   

O religioso filipino ocupará um importante posto global no Vaticano, em uma decisão que poderá aumentar suas chances de um dia ser eleito Papa, já que anteriormente foi mencionado como um potencial candidato ao pontificado. (ANSA)