Mundo

Papa lamenta assassinato de crianças no Camarões

VATICANO, 28 OUT (ANSA) – O papa Francisco lamentou nesta quarta-feira (28) o assassinato de oito crianças em uma escola de Kumba, no Camarões, ocorrido no último sábado (24).   

Em sua audiência semanal com fiéis, o líder católico disse que “se junta à dor das famílias dos jovens barbaramente assassinados”. “Sinto-me desconcertado com um ato tão cruel e insensato que tirou a vida de pequenos inocentes enquanto eles tinham aulas na escola”, disse o Papa.   

“Espero que as armas se calem e que possam ser garantidos a segurança de todos e o direito de cada jovem à educação e ao futuro”, acrescentou.   

Segundo o escritório das Nações Unidas (ONU) no Camarões, as crianças foram mortas a tiros e golpes de facão. Ninguém reivindicou o atentado, mas a principal suspeita recai sobre grupos separatistas da região anglófona do Camarões, país de maioria francófona. (ANSA).   

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel