Mundo

Papa faz apelo ao diálogo diante de tensão no Golfo Pérsico

ROMA, 16 JUN (ANSA) – O papa Francisco manifestou neste domingo (16) sua preocupação com a crescente tensão no Golfo Pérsico e fez um apelo para a comunidade internacional promover o diálogo e a paz na área. “Acompanho com preocupação o crescimento das tensões no Golfo Pérsico. Convido todos a fazerem uso dos instrumentos da diplomacia para resolver os complexos problemas dos conflitos no Médio Oriente”, disse o Pontífice durante o Angelus na cidade de Camerino, onde visitou famílias atingidas pela sequência de terremotos no centro da Itália em 2016. A declaração faz referência ao suposto ataque realizado na semana passada que provocou a explosão de dois petroleiros no Golfo de Omã. Na quinta-feira (13), os Estados Unidos acusaram o Irã pela ofensiva e divulgaram um vídeo que mostra o suposto envolvimento de forças especiais iranianas nos acidentes, o que elevou ainda mais a tensão política em Teerã.   

“Renovo também à comunidade internacional um veemente apelo para realizar todo esforço possível para favorecer o diálogo e a paz”, acrescentou Jorge Bergoglio. Na missa, o Papa ainda recordou o “Dia Mundial do Migrante e do Refugiado”, celebrado neste domingo, e convidou a todos para prestarem “solidariedade aos homens, as mulheres e as crianças que fogem de guerras, perseguições e violações de direitos fundamentais”.   

“Que as nossas comunidades eclesiais e civis estejam próximas e atentas às suas necessidades e aos seus sofrimentos”, finalizou.   

(ANSA)