Mundo

Papa envia mensagem para Campanha da Fraternidade no Brasil

CIDADE DO VATICANO, 14 FEV (ANSA) – O papa Francisco enviou uma mensagem nesta quarta-feira (14) ao Brasil para marcar o início da Campanha da Fraternidade, e propôs uma reflexão sobre a importância do perdão.   

O tema escolhido para a ação neste ano é “Fraternidade e Superação da Violência” e, por isso, o Pontífice pediu para que os católicos sejam “arautos e construtores da paz”.   

“Uma paz que é fruto do desenvolvimento integral de todos, uma paz que nasce de uma nova relação também com todas as criaturas.   

A paz é tecida no dia a dia com paciência e misericórdia, no seio da família, na dinâmica da comunidade, nas relações de trabalho, na relação com a natureza”, escreveu Jorge Mario Bergoglio.   

Segundo o líder católico, o “perdão é das ofensas a expressão mais eloquente do amor misericordioso e, para nós cristãos, é um imperativo que não podemos prescindir”.   

No entanto, ele reconhece que “às vezes” é “difícil perdoar” e que, é nesse momento, que todos devem perceber que o “perdão é o instrumento colocado nas nossas frágeis mãos para alcançar a serenidade do coração, a paz”.   

No fim do texto, o Papa invoca “a proteção de Nossa Senhora da Conceição Aparecida sobre o povo brasileiro, concedendo a Benção Apostólica”. A carta foi enviada aos líderes católicos no Brasil em 27 de janeiro, mas foi divulgada pelo Vaticano apenas nesta quarta.   

Desde que assumiu o Pontificado, o Pontífice envia sempre uma mensagem ao país no início da Campanha da Fraternidade, que é liderada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).   

Criada em 1962, a ação tem um tema específico de reflexão durante o período da Quaresma, os 40 dias que antecedem a Páscoa católica, e é apresentada sempre na Quarta-Feira de Cinzas. No período, em todas as dioceses do país, o tema é debatido em reuniões entre fiéis e na liturgia das missas. (ANSA)