Mundo

Pandemia avança nos EUA enquanto a Espanha volta a confinar 200.000 pessoas

Pandemia avança nos EUA enquanto a Espanha volta a confinar 200.000 pessoas

Funcionários de saúde transferem um paciente com coronavírus para a UTI do hospital peruano Alberto Sabogal Sologuren, em Lima - AFP

A pandemia continua a atingir fortemente os Estados Unidos, com um novo recorde diário de casos, quando o país se prepara para celebrar seu feriado nacional neste sábado (4), enquanto na Europa, onde as restrições estão sendo levantadas, foi ordenado o reconfinamento de 200.000 pessoas na Catalunha, nordeste da Espanha, devido a novos surtos da doença.

Os EUA registraram 57.683 casos nas últimas 24 horas -um número muito alto pelo terceiro dia consecutivo- e somou mais de 2,7 milhões de casos acumulados. No total, cerca de 130.000 pessoas morreram.

O sul e o oeste do país são os mais atingidos pelo vírus e, segundo o jornal Washington Post, pelo menos 14 estados estão passando por sua pior semana desde o início da pandemia.

A situação obrigou a interrupção da flexibilização das restrições, adotada por alguns estados que voltaram a fechar bares e praias.

Na Europa, o continente mais afetado pela pandemia com quase 200.000 mortos, alguns países voltaram atrás em suas etapas de reconfinamento.

+ Exclusivo: como Prost fez Senna perder o contrato com a Ferrari

A América Latina já ultrapassou a Europa em número de casos, com 2,8 milhões de infectados. O Brasil, que registra mais de mil mortes diariamente, é o epicentro regional, com mais de 63.000 mortos e 1,5 milhão de casos.

– Reconfinamento –

Na Espanha, que havia encerrado o confinamento há duas semanas, as autoridades de saúde ordenaram neste sábado o confinamento de cerca de 200.000 habitantes em Lérida (nordeste da Espanha), devido aos vários surtos de coronavírus registrados nesta região.

“Decidimos confinar a área do Segriá (na cidade de Lérida), com base em dados que confirmam um crescimento bastante significativo do número de casos de COVID-19”, declarou à imprensa o presidente da região, o separatista Quim Torra.

Torra afirmou que o confinamento começa às 12h00 (07h00 Brasília) e restringe as entradas e saídas da região. A ministra regional da Saúde, Alba Vergés, disse que estão proibidas as reuniões de mais de dez pessoas, e que visitas às casas de repouso de idosos estão suspensas.

A Espanha, um dos países mais afetados pela pandemia com pelo menos 28.385 mortos, já havia reabrido para os cidadãos da UE e do espaço Schengen, além dos britânicos, em 21 de junho.

Em todo o mundo, o coronavírus causou pelo menos 526.663 mortes e infectou mais de 11,1 milhões de pessoas desde que surgiu na China no final do ano passado, segundo um balanço da AFP com base em fontes oficiais.

Veja também

+ Marco Pigossi sobre reprise da novela Fina Estampa: “Tinha que ser proibida de ser reprisada”

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?