Esportes

Palmeirenses admitem ‘secar’ Fla, mas alertam: ‘Precisamos fazer a nossa parte’

Após derrotar o Botafogo por 1 a 0 no Pacaembu, no sábado, o Palmeiras curte o domingo de folga e é provável que boa parte dos torcedores (e jogadores) aproveitem o dia livre para assistir e torcer contra o Flamengo, que enfrenta o Athletico-PR em Curitiba. Além de “secar” o rival, a ordem no time alviverde é não esquecer de que a prioridade é continuar a fazer a sua parte em campo.

“Difícil falar dos outros times, mas o importante é nós conseguirmos a vitória. A gente vinha de um empate em casa e uma derrota no clássico. A vitória nos dá confiança e não podemos deixar o Flamengo se distanciar ainda mais. Agora é torcer um pouquinho contra”, disse o lateral-esquerdo Diogo Barbosa.

Já o técnico Mano Menezes prefere ver o campeonato de uma forma mais global e acredita que, além do Flamengo, a equipe alviverde também precisa se preocupar com outros times que estão na parte de cima da tabela e ainda podem crescer.

“Penso que só é possível esperar o líder tropeçar se nós fizermos nossa parte. Não fizemos na quarta e a diferença aumentou. Fizemos agora e vamos manter ou diminuir. Mas temos outros adversários no campeonato, não adianta só olharmos para o Flamengo. Temos o Santos, São Paulo, equipes que estão próximas da gente. Estamos numa transição de modelo e isso às vezes nos entrega um jogo como o de quarta-feira, muito fraco”, analisou.

Apesar da ponderação, o comandante palmeirense vê o líder como um diferencial na competição. “Como você mesmo falou, vou tomar a liberdade de usar a sua frase: o líder está fora da curva. E se ele está fora da curva, quer dizer que ele está fazendo algo diferente dos demais. A gente tem que ter maturidade nessa hora, mas o primeiro passo para chegarmos nesse desempenho que todos estão querendo é o que demos hoje (sábado). Isso é prova de maturidade e a gente está no caminho para continuar evoluindo”, resumiu.

Com o resultado de sábado, o Palmeiras chegou aos 50 pontos e ocupa a segunda colocação, com cinco pontos atrás do Flamengo e três pontos à frente do Santos.