Esportes

Palmeiras iguala River Plate com o melhor ataque da história da fase de grupos da Libertadores

Com a vitória por 1 a 0 sobre o Emelec, o Verdão soma 21 tentos nesta fase da competição na edição de 2022, igualando os argentinos, que também registraram 21 gols em 2020

Palmeiras iguala River Plate com o melhor ataque da história da fase de grupos da Libertadores

O Palmeiras pode colocar mais um recorde em sua extensa lista na Libertadores. Isso porque, com a vitória por 1 a 0 sobre o Emelec-EQU, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, o clube passou a ser aquele com mais gols em uma mesma fase de grupos da competição continental igualando o River Plate de 2020 com 21 tentos marcados.


GALERIA
> Relembre a invencibilidade fora de casa do Palmeiras na Liberta

TABELA
> Veja classificação e simulador da Libertadores-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

A marca expressiva foi atingida antes mesmo do término desta etapa do torneio, já que ainda resta uma rodada a ser realizada, ou seja, o recorde pode ser ampliado na próxima semana, quando o Alviverde enfrenta o Deportivo Táchira-VEN, também no Allianz Parque. Assim, a equipe de Abel Ferreira ficaria isolada com o recorde.

Tudo isso devido às goleadas conquistadas no período: 4 a 0 no Táchira, fora de casa, 8 a 1 no Independiente Petrolero, em casa, 3 a 1 no Emelec, fora de casa, 5 a 0 no Independiente Petrolero, fora de casa e agora, a vitória magra por 1 a 0 sobre o Emelec, no Allianz.

Dessa forma, a média de gols que era de cinco por partida antes de o duelo desta quarta-feira começar, passou a ser de 4,2 por jogo. Vale lembrar que o Palmeiras também tem o artilheiro da competição: Rafael Navarro, com sete gols nessas cinco primeiras rodadas.

Contra o Táchira, na próxima terça-feira, o objetivo segue sendo vencer, uma vez que Abel Ferreira e o elenco querem terminar a fase de grupos com 100% de aproveitamento, o que lhe dará a melhor campanha geral desta edição, além do recorde de melhor campanha da história dessa fase do torneio, superando o Boca Juniors, de 2015.