Esportes

Palmeiras ‘envelopa’ vestiário com imagens de conquistas, mas Corinthians encobre

O Palmeiras “envelopou” o vestiário do visitante do Allianz Parque com imagens de conquistas do clube, horas antes do início da final do Campeonato Paulista, neste sábado. O Corinthians, por sua vez, escondeu os adesivos com bandeiras alvinegras.

O vestiário de visitante do Allianz Parque costuma ter cor neutra. As imagens das conquistas do Palmeiras irritaram a diretoria do Corinthians, que agiu rapidamente e teve de improvisar para encobrir os adesivos. Nas redes sociais, o Corinthians provou ao escrever que “sobrou tecido, só não achamos o Mundial”.

Em 2018, quando o Corinthians foi campeão paulista sobre o Palmeiras no Allianz Parque, o clube do Parque São Jorge “envelopou” o vestiário do visitante em preto e branco, com símbolos do clube e mensagens de incentivo. Após o título, o Corinthians divulgou em suas redes sociais imagens do vestiário.

Palmeiras e Corinthians se enfrentam neste sábado no Allianz Parque, pela final do Campeonato Paulista. Como o duelo de ida terminou empatado sem gols na Arena Corinthians, na última quarta-feira, quem ganhar neste sábado fica com o título. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar