Esportes

Palmeiras convoca sete jogadores do sub-20 como apoio em treinos e jogos

Goleiro Mateus Oliveira, zagueiro Henri, lateral-esquerdo Ramiro, meio-campistas Erick Pluas e Jean Carlos Quinones e atacantes Gabriel Silva e Valdenilson se juntam ao grupo

Palmeiras convoca sete jogadores do sub-20 como apoio em treinos e jogos

A partir desta quinta-feira, o Palmeiras passou a ter sete jogadores do time sub-20 treinando com o elenco principal, na Academia de Futebol. E o número pode aumentar. Os atletas foram convocados para servir de apoio nos treinamentos e, também, como opção durante as partidas, que ocorrerão em intervalos curtos e com a possibilidade de até cinco substituições por jogo.

O goleiro Mateus Oliveira já tinha realizado trabalhos específicos da posição na quarta-feira, ao lado de Weverton, Jailson e Vinicius. Na manhã desta quinta-feira, estiveram no centro de treinamento do elenco profissional também o zagueiro Henri, o lateral-esquerdo Ramiro, os meio-campistas Erick Pluas e Jean Carlos Quinones e os atacantes Gabriel Silva e Valdenilson.

Ao LANCE!, o coordenador das categorias de base do Palmeiras, João Paulo Sampaio, já tinha relatado a previsão de que o elenco do sub-20 retomasse os treinamentos em agosto, exatamente para servir de suporte para o técnico Vanderlei Luxemburgo. O grupo mantém trabalhos físicos à distância, como ocorria com os profissionais. Esses sete atletas, contudo, já foram chamados.

+ Briga de vizinhos termina com personal trainer morta a facadas no interior de SP

– Projetamos um calendário que terá muitos jogos consecutivos a partir do momento em que forem liberados. O elenco do Palmeiras conta, hoje, com 30 atletas, então decidimos estabelecer um grupo de apoio formado por atletas do Sub-20. Quando requisitados pela equipe técnica do profissional, a ideia é que estejam aptos a desempenhar um bom futebol e entregar uma boa resposta- explicou o gerente de futebol Cícero Souza.

– Neste ano, temos nove atletas da base no elenco profissional, o que configura 27% do grupo. Ficamos felizes, o Palmeiras tem aproveitado cada vez mais os garotos. Teremos muitos jogos consecutivos neste momento delicado, o que pode implicar em um número maior de contusões ou de atletas poupados. O primeiro olhar do Palmeiras, agora, é para dentro, porque o trabalho na base é bem feito. Para os meninos, é mais uma chance de mostrar o talento que eles têm – comentou João Paulo Sampaio, coordenador geral da base.

Os garotos obedecem o mesmo rígido protocolo de segurança em meio à pandemia do coronavírus, como a instrução de fazer o trajeto para o centro de treinamento e de volta para casa sem paradas, questionário sobre sintomas, medição de temperatura corporal e estações individuais de descanso, além de material de higiene e nutrição individualizados e a obrigação do uso de máscara quando não estiverem em atividade. Tudo isso, com a chance de ganhar projeção no elenco principal ao longo da temporada.

– Fiquei muito feliz. Poder apoiar o elenco profissional com meus companheiros da base é gratificante, vamos agarrar com unhas e dentes para fazer nosso melhor. Sabemos que temos de abraçar qualquer oportunidade. Vamos pegar experiência, entender como é e levar isso conosco para evoluirmos e chegarmos ao mesmo nível dos profissionais – disse o zagueiro Henri, de 18 anos, que está no Palmeiras desde 2015, foi o capitão da Seleção campeã mundial sub-17 em 2019 e parte de uma geração muito vitoriosa na base.

Veja também

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?