Esportes

Palmeiras bate Del Valle no Equador e se classifica às oitavas da Libertadores


Mais uma vez extremamente eficiente, o Palmeiras bateu o Independiente Del Valle por 1 a 0, nesta terça-feira, no Equador, e manteve os 100% de aproveitamento na Libertadores. Foi a quarta vitória seguida da equipe, que chegou aos 12 pontos na liderança do Grupo A e já garantiu por antecipação a vaga nas oitavas de final.

Se aproveitasse melhor os contra-ataques, o Palmeiras poderia até ter vencido com mais facilidade. Mas, na altitude de mais de 2.800 metros de Quito, o Palmeiras procurou cadenciar o jogo desde o início, fechado na defesa, sem se expor muito.

Assim, bloqueava as ações ofensivas do Del Valle à espera de algum vacilo do adversário para acionar os atacantes Rony e Luiz Adriano em jogadas de velocidade. A estratégia, no entanto, poderia ter dado resultado antes se os homens de frente não ficassem tanto em posição de impedimento – somente nos primeiros 26 minutos de jogos, foram cinco vezes.

Aos 40 minutos, enfim, o time encaixou uma boa jogada nas costas da defesa e chegou ao gol. Luiz Adriano segurou a passada, recebeu a bola de Patrick de Paula e foi derrubado dentro da área. Na cobrança do pênalti, Raphael Veiga chutou no meio do gol para abrir o placar.

No segundo tempo, o Palmeiras manteve a postura. Bem postado à frente do gol de Weverton, praticamente não correu riscos. O Del Valle até tinha a bola na maior parte do tempo, mas era um domínio estéril.

O problema é que, após os 30 minutos, o Palmeiras recuou demais a marcação e mal dava as caras no ataque. Fisicamente, a equipe também caiu de rendimento. A partida, então, passou a ficar perigosa. Faltou, no entanto, pontaria ao Del Valle. Melhor para o Palmeiras, que segurou a vitória até o final, garantiu vaga antecipada na próxima fase e manteve a campanha perfeita na competição.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

FICHA TÉCNICA

INDEPENDIENTE DEL VALLE 0 x 1 PALMEIRAS

Independiente del Valle – M. Ramírez; Landázuri (Escobar), Schunke e Pacho; Pellerano (B. García), Faravelli, Vite (Montenegro), Hurtado e J. Sánchez (Guerrero); Murillo e C. Ortíz. Técnico: Renato Paiva.

Palmeiras – Weverton; Luan, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha, Felipe Melo (Gustavo Scarpa), Patrick de Paula (Danilo), Raphael Veiga (Mayke) e Victor Luis; Rony e Luiz Adriano (Danilo Barbosa). Técnico: Abel Ferreira.

Gol – Raphael Veiga, aos 42 do primeiro tempo.

Árbitro – Jesús Valenzuela (VEN)

Cartões Amarelos – Patrick de Paula, Landázuri, Felipe. Melo, Vite e M. Ramírez.

Local: Estádio Casa Blanca, em Quito, Equador

Veja também
+ Sabrina Sato mostra corpo musculoso em clique na floresta
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago