Mundo

Pais são indiciados por homicídio após filha morrer com infestação de piolhos

Crédito: Reprodução

Os pais da menina Kaitlyn Yozviak, de 12 anos, foram denunciados esta semana por homicídio doloso e crueldade contra menor na Geórgia, nos EUA. A garota morreu em agosto após uma parada cardíaca, desencadeada por um grave quadro de anemia causado por uma infestação de piolhos não tratada por cerca de três anos. As informações são do jornal The Sun.

De acordo com os legistas que examinaram Kaitlyn, a menina estava tão infestada de piolhos que o caso foi classificado como o pior que já lidaram. Resultado preliminares da autópsia apontam que a garota sofreu “dor física excessiva por causa de negligência médica”.

Conforme o agente especial Ryan Hilton, as mordidas repetidas de piolhos diminuíram os níveis de ferro no sangue de Kaitlyn, o que provavelmente causou a anemia e desencadeou o ataque cardíaco.

Quando os agentes chegaram à casa de Mary Katherine Horton, de 37 anos, e Joey Yozviak, 38, encontraram o quarto da filha do casal com vermes cobrindo diversos móveis. Segundo a mãe da garota, Kaitlyn não havia tomado banho na última semana e meia antes de morrer.

Veja também
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago