Geral

País registra média diária de 1.017 mortes por covid-19 e total de 93.616 óbitos

País registra média diária de 1.017 mortes por covid-19 e total de 93.616 óbitos

Funcionário com traje de proteção escava túmulo de vítima de coronavírus no cemitério do Caju, no Rio de Janeiro, em 28 de maio de 2020 - AFP

Pela sétima semana consecutiva, o Brasil registrou uma média diária de mortos pelo novo coronavírus acima de mil. Nos últimos sete dias, foram 1.017 óbitos, segundo levantamento feito pelo consórcio de veículos da imprensa que reúne o jornal O Estado de S. Paulo, G1, O Globo, Extra, Folha de S.Paulo e UOL. O balanço divulgado neste sábado, 1º de agosto, registrou 1.048 novas mortes nas últimas 24 horas, elevando o total para 93.616.

Números divulgados pelo Ministério da Saúde na noite do sábado mostram que 1.865.729 pessoas já se recuperaram da infecção pelo novo coronavírus em todo o País.

Ainda de acordo com o consórcio, 2.708.876 brasileiros já testaram positivo para a contaminação desde o primeiro registro no fim de fevereiro. No último dia, 42.578 novos casos entraram para a contabilização, e a evolução da média móvel em duas semanas foi de 44.635.

O Estado de São Paulo segue como o mais afetado pela covid-19 no Brasil, com 23.236 óbitos e 552.318 casos confirmados, segundo informou o governo estadual neste sábado. Em segundo lugar está o Rio de Janeiro, com um total de 167.213 casos e 13.556 mortes, informou a Secretaria de Estado de Saúde.

No triste ranking mundial da pandemia, o Brasil é o segundo país com mais casos de covid-19, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, que somam 4.608.206 contaminações, segundo dados da Universidade Johns Hopkins até às 20 horas (horário de Brasília). O terceiro país com mais infectados é a Índia, com 1.695.988 casos.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Consórcio de veículos de imprensa

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal.

A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia. E se manteve mesmo após a manutenção dos registros governamentais.

O Ministério da Saúde informou que o Brasil contabilizou 1.088 óbitos e mais 45.392 pessoas infectadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. Segundo a pasta, no total são 93.563 mortes e 2.707.877 casos confirmados pelo coronavírus. O número é diferente do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?