Mundo

Pai retira celular de filha e ela chama a polícia: “É minha propriedade”

Crédito: Reprodução
Uma menina de 16 anos chamou a polícia em Ohio, nos Estados Unidos, depois que seu pai tirou o telefone dela como punição por tê-lo protegido por senha. “Meu pai pegou minha propriedade, que é um telefone de US$ 800 que não pertence a ele. Ele não comprou”, dizia a garota aos policiais que atenderam a ocorrência depois que ela ligou ao 911. As informações são do Daily Mail.
O tenente James Wilson, do Departamento de Polícia de South Euclid, disse que os oficiais reconheceram a situação como uma oportunidade de ensino: “Certamente, se estivéssemos ocupados, seria levado para segundo plano, mas ainda temos a obrigação de responder.”

O pai, Anthony Robertson, e sua filha estavam sentados do lado de fora da casa quando os policiais chegaram na tarde de sábado. A adolescente, cujo nome não foi divulgado por ser menor de idade, repetia: ‘Eu quero meu celular’.

Robertson então explicou que pegou o telefone dela porque ela é uma adolescente. “Eu não posso inspecionar, porque o telefone está com senha, então eu tirei dela.”

Os policiais determinaram que era apenas uma questão disciplinar dos pais e ficou do lado de Robertson.
A menina diz: “É minha propriedade e eu não moro aqui”, alegando que ela mora com a avó, mas ocasionalmente fica na casa do pai.

Um dos oficiais responde: “Mas adivinhe? Tudo o que você possui pertence à sua mãe e ao seu pai. Ter um telefone não é um direito”. “É um privilégio”, acrescentou o pai.

Os policiais então avisaram A adolescente para não ligar para o 911 em situações não emergenciais.

O post sobre o incidente na página do Facebook do Departamento de Polícia de South Euclid foi curtido e compartilhado centenas de vezes por pais empáticos à situação.