Geral

Pai de João Alberto recusa oferta do Carrefour em acordo por dano moral

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto em um Carrefour em Porto Alegre (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)


O pastor João Batista, de 65 anos, recusou nesta terça-feira (23) uma oferta de acordo de até R$ 500 mil do Carrefour numa ação por danos morais individuais pela morte de João Alberto, de 40 anos, cliente negro que morreu após ser espancado por seguranças em uma loja da rede em Porto Alegre, em novembro de 2020. As informações são do UOL.

De acordo com a reportagem, o advogado do pastor, Rafael Peter Fernandes, disse que “os valores oferecidos pelo Carrefour baseiam-se na jurisprudência do STJ (Superior Tribunal de Justiça), muito aquém do que pretendemos, já que se trata de um caso sem precedentes no Brasil”.

O advogado não revelou o valor exigido pelo pai de João Alberto da rede. O Carrefour diz, em nota, que as tratativas para um acordo permanecem em andamento.

Ainda segundo o UOL, a defesa argumenta que a indenização não pode ser baseada por outros processos e que deve ter “caráter pedagógico” para a marca francesa, motivando a alteração nos procedimentos dos seguranças e evitar outras mortes parecidas.


+ Pastor é processado por orar pela morte de Paulo Gustavo
+ Vídeo: Aluno é flagrado fazendo sexo durante aula da UFSC
+ Ao preço de US$ 1.600 por kg, carne Ozaki é a mais cara do mundo



Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Gabriel Medina torna-se alvo de sites de fofoca
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS