Geral

Padre chama Bolsonaro de “bandido” e convoca eleitores para se confessarem

Crédito: Reprodução

Um padre da cidade de Artur Nogueira, localizada no interior de São Paulo, fez duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro. A fala ocorreu durante missa exibida na internet na última quinta-feira, porém o vídeo viralizou nas redes sociais neste domingo, 5.

No vídeo, o padre Edson Adélio Tagliaferro, da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, chama Bolsonaro de “bandido”, e diz que quem votou no atual presidente da República deveria se confessar pelo pecado que cometeu.

“Vocês querem que eu fale aquilo que todo mundo fala, que não deixam ele trabalhar? Não! Bolsonaro não presta. Bolsonaro não vale nada. E quem votou nele devia se confessar, pedir perdão a Deus pelo pecado que cometeu, porque elegeu um bandido para presidente”, afirmou.

Durante a missa, o padre orou pelos mortos, incluindo as vítimas da Covid-19, doença causada pela pandemia do novo coronavírus.

Assista ao vídeo abaixo:

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

 

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?