ISTOÉ Gente

Pabllo Vittar: “Vergonha de ser brasileira por causa desse presidente”

Crédito: Reprodução/Instagram

A cantora Pabllo Vittar foi uma das entrevistadas da revista “Time” e falou sobre a importância de se manter ativa como uma artista LGBTQ+.

“Não é só a arte do drag, não é só ser artista LGBT. A gente tem uma causa social muito importante por trás, pra mostrar pras novas gerações que elas podem sim ter uma voz ativa e fazer o que quiserem”, disse ela na publicação.

A cantora também se mostrou incomodada com a maneira como o presidente Jair Bolsonaro toma algumas atitudes em relação ao “direito das pessoas”. “Às vezes, sinto muita vergonha de ser brasileira por causa desse presidente. As pessoas estão morrendo. As pessoas estão tendo suas casas e direitos retirados.”

“Cada vez o clima fica mais tenso no Brasil. Eu não sei o que acontece. Todos os dias eu peço a Deus proteção pra mim, pra minha família, pros meus amigos e pros meus fãs que têm que sair na rua e trabalhar e se submeter a esse tipo de risco. Porque pra mim isso é um risco. No Brasil, ser artista LGBTQ é matar um leão a cada dia. Todo dia você tem que se provar que pode e mostrar pras outras pessoas isso”, complementou a artista.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

Pabllo Vittar