Economia

Ouro fecha em leve alta com dólar fraco e temores sobre comércio EUA-China

O contrato futuro do ouro fechou em leve alta nesta segunda-feira, 20, beneficiado pelo câmbio em meio aos temores dos investidores em relação à disputa comercial entre os Estados Unidos e a China.

O ouro para junho na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex) fechou em alta de 0,13%, a US$ 1.277,30 por onça-troy.

Após companhias americanas, em especial o Google, suspenderem alguns negócios com a gigante de tecnologia chinesa Huawei, afetada por um decreto que, na prática, limita suas operações nos Estados Unidos, os temores em torno da disputa comercial entre as duas maiores economias do mundo voltaram a dar o tom dos mercados. O cenário de maior cautela tende a apoiar o ouro, considerado um ativo de maior segurança.

Além disso, o dólar enfraquecido apoia o metal precioso, que é cotado na divisa americana. Quando o dólar cai, o ouro tende a ficar mais barato para investidores que operam em outras moedas, apoiando os preços do metal.

Tópicos

mercado de ouro