Economia

Ouro fecha em leve alta, após oscilar durante o pregão

O contrato futuro de ouro fechou bem próximo da estabilidade, com ganho modesto após oscilar durante o pregão desta segunda-feira, 9. O metal chegou a mostrar maior força, mas perdeu impulso mais para o fim do dia.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

O ouro para dezembro fechou em alta de 0,01%, em US$ 1.459,30 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

Na sexta-feira, o dado de geração de vagas (payroll) acima do esperado na economia dos Estados Unidos no mês passado.

O Commerzbank afirmou que o movimento no ouro foi natural, com investidores especulativos vendendo ouro para cobrir perdas.

Além disso, o banco alemão cita em relatório que o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) não elevou suas reservas de ouro em novembro pelo segundo mês consecutivo. Ainda assim, o PBoC aparece como o segundo maior comprador global do metal neste ano, atrás apenas do banco central da Rússia.

O London Capital Group destaca em relatório que o ouro perdeu a marca de US$ 1.480 a onça-troy e ficou abaixo de sua média móvel dos últimos 50 dias, após o payroll impulsionar o dólar na sexta-feira.

Nesta semana, o grupo de serviços financeiros diz que o melhor resultado para o ouro seria uma decisão “dovish” (mais leve) do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) na quarta-feira.

Outra notícia que poderia apoiar o ouro, segundo o London Capital, seria o presidente americano, Donald Trump, impor mais tarifas contra produtos chineses no dia 15.

Caso um acordo comercial preliminar entre Washington e Pequim se concretize, por outro lado, o ouro poderia romper o patamar de suporte e operar abaixo de US$ 1.450 a onça-troy, complementa o grupo.

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

Tópicos

mercado de ouro