Finanças

Ouro fecha em alta em NY, diante de tensões com Coreia do Norte

O ouro fechou com ganhos nesta quarta-feira, 5, diante das crescentes tensões entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, que elevaram a demanda pelo metal precioso.

O ouro para entrega em agosto fechou em alta de US$ 2,50 (0,21%), a US$ 1.221,70 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

Os EUA advertiram a Coreia do Norte que estão prontos para a luta, se provocados, após o regime de Pyongyang afirmar que conseguiu pela primeira vez lançar uma míssil balístico intercontinental. Alguns investidores buscam o ouro em momentos de incerteza política, com a avaliação de que o metal mantém seu valor melhor que outros ativos em momentos de instabilidade.

Os investidores também prestarão atenção à ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano). O documento sairia, porém, apenas depois do fechamento do ouro em Nova York.

Qualquer sinal de que o Fed tem mais dúvidas sobre uma terceira elevação de juros neste ano deve enfraquecer o dólar e levar o ouro a avançar, segundo Peter Hug, diretor de negociações globais da Kitco Metals. O ouro tem dificuldade para competir com investimentos que pagam retorno quando os juros sobem. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tópicos

mercado de ouro