Economia

Ouro fecha em alta, com maior demanda em meio à forte inflação dos EUA


O contrato futuro do ouro fechou em alta, estendendo os ganhos da sessão de ontem. Investidores buscam o metal precioso após o forte avanço da inflação dos Estados Unidos em outubro. Esta é a sexta sessão seguida que o ouro opera no azul.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange, o ouro com entrega para dezembro encerrou a sessão com ganho de 0,84%, a US$ 1.863,9 a onça-troy.

O TD Securities observa que o resultado da inflação nos EUA provocou um impulso significativo nos preços do ouro à medida que os mercados globais buscam uma espécie de proteção à inflação, que é encontrada no metal precioso.

O Commerzbank, porém, afirma que, agora, a questão é se o metal conseguirá defender seus ganhos ou ainda elevar seus níveis de preço. “A pressão sobre o Federal Reserve (Fed) está crescendo continuamente para apertar sua política monetária”, diz o analista Daniel Briesemann. De acordo com os contratos futuros dos Fed Funds, as expectativas para elevação da taxa de juros cresceram significativamente desde ontem, proporcionando um vento contrário ao avanço do ouro.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua



Tópicos

mercado de ouro