Economia

Ouro fecha em alta, apoiado por dólar após discurso ‘dovish’ de Powell

O ouro fechou em alta nesta quinta-feira, 29, em meio à fraqueza do dólar após os comentários da quarta-feira do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para entrega em fevereiro fechou em alta de 0,04%, a US$ 1.230,40 a onça-troy.

Após o presidente do Fed afirmar na quarta-feira que as taxas de juros no país estão “logo abaixo” do nível neutro, o que foi lido pelo mercado como um discurso “dovish” (mais leve), à medida que poderia significar que a trajetória de aperto monetário está mais perto do fim do que anteriormente, o dólar se enfraqueceu ante rivais.

A sinalização também beneficiou o metal precioso. Sinais de que o Fed estaria determinado a continuar a elevar as taxas em seu ritmo atual poderiam pesar sobre o ouro, um ativo que luta para competir com os investimentos em juros quando as taxas sobem.

Investidores vão acompanhar, ainda, a divulgação da ata da última reunião de política monetária do Fed, às 17 horas. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Tópicos

mercado de ouro