Economia

Ouro cai em meio a dólar forte ante outras moedas principais e dado dos EUA

O ouro encerrou o pregão desta terça-feira, 16, em queda, em meio ao dólar forte ante outras moedas principais e à leitura das vendas no varejo nos Estados Unidos acima das expectativas, afastando hipóteses de uma recessão iminente.

O ouro para agosto na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), encerrou o pregão em queda de 0,16%, US$ 1.411,20 a onça-troy.

A terça-feira foi de dólar fortalecido, o que torna as commodities, como o ouro, mais caras para detentores de outras divisas e tende a pressionar suas cotações.

A moeda americana ampliou os ganhos após a divulgação das vendas no varejo dos EUA, que, na passagem de maio para junho, avançaram 0,4%, de acordo com o Departamento de Comércio do país.

O indicador surpreendeu o mercado, na medida em que analistas consultados pelo Wall Street Journal previam alta de 0,1%. Já o subíndice das vendas no varejo americanas que desconsidera automóveis também subiu 0,4%, ante expectativa de alta de 0,2%.

A divulgação do indicador americano afastou hipóteses de uma recessão iminente no país; com isso, o ouro tende a perder força, na medida em que é considerado um ativo seguro e procurado em momentos de cautela.

Tópicos

mercado de ouro