Ossos políticos para os cães do negacionismo. Temos a vacina brasileira

Crédito: Mateus Bonomi

“Existe uma rede de distribuição para as demais vacinas, mas dependendo das escolhas do governo, a logística pode ficar complicadíssima” Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan (Crédito: Mateus Bonomi)

Os cães do obscurantismo federal ficaram latindo, enquanto a caravana de São Paulo, com João Doria, como governador, e Dimas Covas, como presidente do centenário Instituto Butantan, soberanamente passou, com todos os seus cientistas.

Temos uma vacina brasileira, para os paulistas e todos os brasileiros, graças ao governo de São Paulo. Os negacionistas, os supremacistas brancos, os psicopatas que ironizaram os trezentos mil mortos estão latindo sozinhos.

A vacina já é brasileira porque a Anvisa não tem outra opção a não ser aprovar a derradeira fase de testes.

Hoje e daqui para frente, nessa pandemia, todos os brasileiros são paulistas, todos os paulistas são brasileiros.

Lição civilizatória para os latidos. Para eles, o osso da desonra. E o desprezo. Total desprezo. Parabéns, cientistas e governador.

Osso a quem merece osso político. Aos braseiros de boa vontade, a Nossa Vacina.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.