Cultura

‘Os museus de fora estão de olho no Brasil’

FERNANDA FEITOSA – DIRETORA DA SP-FOTO

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

Cresceu muito o interesse de museus estrangeiros pela fotografia brasileira?

Muito, especialmente depois de 2015, e um exemplo disso foi a aquisição pela curadora Sarah Meister de fotos dos modernistas para o MoMA de Nova York.

Além dela, Tanya Barston, que foi curadora da Tate e agora está em Barcelona, também levou os modernos brasileiros para Londres. E os fotógrafos contemporâneos?

Há cinco anos Tanya descobriu o Gaspar Gasparian aqui na SP-Foto. Ela tem interesse pelos modernos do Foto Cine Clube Bandeirante, mas também pelos contemporâneos, como Mauro Restiffe.

O público brasileiro tem prestigiado a SP-Foto em todas as edições, mas fica a pergunta: quem compra?

Nunca fizemos uma pesquisa, mas 20% dos visitantes compram e outros 80% vêm para conhecer ou olhar. O número de colecionadores tem crescido e hoje temos até um Museu da Fotografia no Brasil, fundado por Sílvio Frota em Fortaleza.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ TikTok será proibido nos EUA a partir deste domingo (20)

+ Receita fácil de balas de leite condensado

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea