Economia

Oposição tenta obstruir início de leitura do relatório do marco do saneamento

Deputados de oposição tentam obstruir o início da leitura do relatório do novo marco do saneamento pelo deputado Geninho Zuliani (DEM-SP) nesta quarta-feira, 9, na Comissão Especial da Câmara. O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) já apresentou duas questões de ordem para que o painel de presença da sessão fosse zerado, pelo fato de ter sido aberto enquanto a sessão do Congresso estava ocorrendo – o que foi negado pelo presidente da comissão, Evair Vieira de Melo (PP-ES).

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

O deputado ainda pediu que a leitura só fosse feita depois de um seminário de saneamento marcado para acontecer em Brasília.

Já o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) solicitou que reunião fosse encerrada em função de Geninho não ter distribuído aos deputados previamente seu relatório.

A questão de ordem também foi negada pelo presidente da comissão.

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea