Mundo

Oposição na Tanzânia pede novas eleições e convoca protestos

Oposição na Tanzânia pede novas eleições e convoca protestos

O presidente John Magufuli - AFP/Arquivos

A oposição na Tanzânia pediu neste sábado a seus militantes que tomem as ruas para protestar contra a reeleição do presidente John Magufuli, que consideram fraudulenta, e pediu a celebração de novas eleições.

“Em primeiro lugar, pedimos novas eleições o mais rápido possível. Convocamos manifestações em massa e pacíficas em todo o país até que nossa demanda seja atendida”, disse o presidente do partido de oposição Chadema, Freeman Mbowe, em uma entrevista coletiva conjunta com outro partido opositor, ACT-Wazalendo.

Magufuli foi reeleito com 84,39% dos votos, segundo o resultado definitivo anunciado na sexta-feira, apesar dos protestos da oposição, que denunciou fraudes.

O país africano também celebrou eleições legislativas e, segundo as estimativas parciais, o CCM (Partido da Revolução), no poder desde a independência, tem garantida a maioria absoluta no Parlamento

John Magufuli, 61 anos, chamado de “Bulldozer”, foi eleito em 2015 com um programa radical de combate à corrupção, mas foi acusado de guinada autoritária durante seu primeiro mandato, marcado pela redução das liberdades individuais, de acordo com muitos ativistas dos direitos humanos.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel