O Dia

Operação flagra mais de 60 litros de cerveja impróprios para consumo em Itaipava

"Operação Puro Malte" vem sendo realizada em Petrópolis

Petrópolis – A equipe do Procon Petrópolis realizou nesta terça-feira a segunda fase da “Operação Puro Malte”. Três estabelecimentos foram fiscalizados e autuados em Itaipava. Ao todo, foram flagrados 61,7 litros de cervejas impróprios para o consumo, além de alimentos vencidos, com embalagem violada e sem informações de lote. Na ação, foram descartados 180 itens encontrados.

A operação teve início no Procon após uma denúncia feita ao órgão no Dia Internacional da Cerveja – 02 de agosto. O objetivo da ação é fiscalizar os estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas, com foco na cerveja, verificando a data de validade e o acondicionamento dos produtos. Todo o material irregular foi retirado das estantes de venda e descartados na frente dos responsáveis pelos estabelecimentos, que foram autuados.

“Esta é a segunda fase da Operação Puro Malte. Fiscalizamos os estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas, e constatamos irregularidades nos locais. Presamos pela saúde e segurança do consumidor. A ação nos distritos mostra a importância da fiscalização – na primeira fase descartamos 25 litros de cerveja, e agora 61 litros. A Operação é mais um avanço e uma ação inovadora do Procon, protegendo a sociedade e seus direitos”, destacou o coordenador do Procon Petrópolis, Bernardo Sabrá.

Toda a operação acontece conforme previsto na lei 8.078/1990 do Código de Defesa do Consumidor. A orientação do Procon é para que o consumidor fique atento à data de validade dos produtos quando for realizar a compra. Se o consumidor encontrar qualquer problema, é recomendada a ida ao próprio órgão para protocolar uma denúncia para que seja feita a verificação do estabelecimento.