Economia

Operação faz apreensão em caso que apura sonegação e lavagem de dinheiro em BH

Uma força-tarefa composta pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e Receita Estadual realiza, na manhã desta quarta-feira, 8, uma operação de combate à sonegação fiscal e lavagem de dinheiro na Região Metropolitana de Belo Horizonte, segundo a Globo News e o portal G1. Há um mandado de prisão em aberto contra Ricardo Nunes, fundador e ex-principal acionista da Ricardo Eletro.

Outros dois empresários são alvos da operação que recebeu o nome de “Direto com o Dono”.

De acordo com as investigações, aproximadamente R$ 400 milhões em impostos foram sonegados ao longo de cinco anos.

A operação cumpre três mandados de prisão e 14 de busca e apreensão. Em Minas Gerais, os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Belo Horizonte, Contagem e Nova Lima.

Em São Paulo, há alvos na capital e em Santo André.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Até o fechamento deste texto, a reportagem não havia obtido um posicionamento dos citados.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?