Comportamento

ONG publica manual para tratar crianças feridas em explosões

ONG publica manual para tratar crianças feridas em explosões

Menina síria e seu pai depois de amputação em clínica em 29 de junho de 2018 - AFP

A ONG Save the Children publicou nesta quinta-feira um manual para tratar as feridas causadas por explosões que muitas crianças do mundo sofrem em zonas de conflito.

Atentados suicidas, minas terrestres, granadas, ataques aéreos e outras formas de explosivos “causam 72% de todas as mortes nas zonas de guerra mais mortais do mundo”, anunciou a ONG britânica Save the Children.

“O manual é o primeiro guia no mundo sobre os processos que devem ser seguidos para manter as crianças vivas e ajudá-las a se recuperar completamente após os ferimentos catastróficos causados por armas explosivas”, disse a organização.

Este manual fornece ao pessoal médico que trabalha em zonas de conflito “o conhecimento e o aconselhamento técnico necessários para tratar as crianças”, salienta Helle Thorning-Schmidt, ex-primeira-ministra da Dinamarca e chefe da Save the Children International.

O manual foi criado a pedido dos médicos que trabalham na Síria, onde a guerra matou mais de 370 mil pessoas desde 2011.

“Das pessoas mortas na Síria, 83% das crianças e 12% dos combatentes morreram por explosões”, disse a ONG com base em números da ONU.