Platinum

Onde se aprende a viver melhor

Onde se aprende a viver melhor

Relaxar apreciando a paisagem ou em ambientes criados para esse fim são algumas das opções do Kur, que oferece oito programas de tratamento e uma dieta balanceada, com pratos criados por grandes chefs

Em março de 1971, o médico Luís Carlos Silveira colocou no papel o resumo de um sonho que acalentava desde o tempo da faculdade, quando começara a desbravar seu pioneiro caminho dentro da ainda pouco disseminada Medicina preditiva: “Objetivamos proporcionar ao homem moderno a oportunidade de um repouso com sua família, ao mesmo tempo submetê-lo a um exame completo e minucioso para assim realizar um tratamento diverso em nossa clínica, para, quando de sua saída, possa estar restabelecido de seus males psíquicos e físicos. A finalidade geral do tratamento é tornar o homem vital, alegre, forte e revitalizar órgãos fatigados pela doença e pelo excesso de trabalho. Podemos prever receberemos pacientes com suas famílias de todos os países, com a finalidade de combater o estresse e procurar a cura para as doenças crônicas, tornando-nos, assim, um centro internacional de tratamento”. A ideia ganharia corpo em 1982, com a inauguração do Kurotel — Centro Médico de Longevidade e Spa. Desde então, o Kur se tornou referência internacional por promover e estimular as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, motivando escolhas positivas. Com mais 20 mil pessoas atendidas em 35 anos, os compromissos lançados naquele esboço de 1971 não apenas se mantêm como foram aprimorados — e a excelência das instalações e do atendimento é reconhecida em uma lista incomparável de prêmios e certificações que o torna um caso único de sucesso na América do Sul.

Vestindo o roupão e os chinelos fornecidos a cada hóspede, pergunto ao meu anfitrião se haveria problema em circular pelos elegantes ambientes do Kur daquela forma. “Esse é o traje de gala por aqui”, responde Miguel, meu guia na apresentação dos espaços nos quais eu passaria os próximos dias experimentando um programa de relaxamento criado sob medida a partir de um minucioso questionário sobre meus hábitos de vida e alimentação, de uma consulta com um dos médicos da equipe do Kur e de alguns exames clínicos. Um deles, o Food Detective, rastreia 59 alimentos que podem causar reações indesejadas no organismo. “Nossa filosofia, acima de tudo, considera o que é melhor para cada pessoa”, afirma o idealizador do sps no livro “A Ciência da Cura”. No restaurante, finamente decorado como bistrô, as refeições são escolhidas na véspera, sempre a partir de três opções. O cuidado com o preparo e a apresentação dos pratos é um dos destaques do Kur em relação aos demais spas – e também um dos quesitos que garantem prêmios em publicações especializadas. Para chegar a pratos dignos de restaurantes estrelados pelo “Guia Michelin”, o nutrólogo Luís Carlos Silveira contratou os chefs Michel Roth (do Hotel Ritz, de Paris), Laurent Suaudeau e Luciano Boseggia, então no Fasano, em São Paulo. Ainda que as calorias sejam limitadas, o visual e o sabor não ficam comprometidos.

Banhos e massagens 

A alimentação saudável e balanceada é um dos eixos do Kur. A ela se somam as atividades físicas, as técnicas de relaxamento, os banhos e massagens que fazem a alegria de quem vai a um spa. No Kur, porém, isso tudo é só um detalhe. Com uma equipe transdisciplinar e oito programas voltados para diferentes propósitos — do antitabagismo ao pós-câncer, passando pelo estímulo à memória — o centro médico oferece todas as ferramentas capazes de promover uma transformação profunda no estilo de vida. E, o que é melhor, num ambiente que prima pelo bem-estar. Depois da última expansão, que resultou no moderno centro estético onde funciona o circuito das águas, o Kur está prestes a inaugurar uma nova ala, com mais 20 suítes. Uma ampliação que reafirma o êxito daquele sonho que o ainda estudante Luís Carlos tornou realidade.