Mundo

Onda de frio mata 48 crianças entre maio e junho no Peru

Onda de frio mata 48 crianças entre maio e junho no Peru

Pelo menos 48 crianças com menos de cinco anos morreram de pneumonia no Peru, entre maio e junho de 2016, especialmente em zonas pobres expostas a baixas temperaturas durante o inverno - segundo um relatório do governo - AFP/Arquivos

Pelo menos 48 crianças com menos de cinco anos morreram de pneumonia no Peru, entre maio e junho de 2016, especialmente em zonas pobres expostas a baixas temperaturas durante o inverno – segundo um relatório do governo.

De acordo com o Ministério peruano da Saúde (Minsa), nesse período, foram registrados 7.569 casos de pneumonia em crianças com menos de cinco anos, com 48 mortes. A maior parte ocorreu nos departamentos de Cusco, Junín, Huancavelica, Ayacucho e Puno, no centro e no sul andino do país.

Nessas regiões, com territórios localizados acima dos 4.000 metros de altitude, a temperatura chega a 18 graus abaixo de zero no inverno, com gelo depositado nas superfícies.

Alguns setores alto-andinos e da selva do Peru, com população majoritariamente pobre, enfrentarão até agosto fortes ondas de frio, que atingem as pessoas e suas atividades produtivas e obrigam o governo a desenvolver planos de proteção.

Para combater esses danos, o Minsa enviou módulos de atenção a 14 regiões afetadas pelo frio para apoiar o trabalho dos centros de saúde. Além disso, foram distribuídas mais de um milhão de vacinas contra gripe e pneumonia.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Segundo a última avaliação de danos do Instituto Nacional de Defesa Civil (Indeci), 311.655 pessoas de 14 regiões tiveram problemas de saúde devido às baixas temperaturas.

Em maio, o governo peruano declarou emergência por um prazo de 60 dias em 14 regiões do país por causa da brusca queda da temperatura nos Andes.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel