Coronavírus

OMS: Mundo registra novo recorde de casos de coronavírus; mortes em queda

OMS: Mundo registra novo recorde de casos de coronavírus; mortes em queda

Candidatos a empregos públicos, de máscaras e escudos de proteção contra a propagação do coronavírus, em Surabaya, Indonésia, em 22 de setembro de 2020 - AFP

O mundo registrou quase dois milhões de casos de covid-19 na semana passada, um recorde, enquanto o número de mortes diminuiu 10% na comparação com a semana precedente, de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Todas as regiões do mundo, com exceção da África, registraram aumento de contágios entre 14 e 20 de setembro.

“De 14 a 20 de setembro, registramos quase dois milhões de novos casos de covid-19, o que representa um aumento de 6% na comparação com a semana precedente e o maior número de casos desde o início da epidemia. No mesmo período, o número de mortes diminuiu 10% e foram registrados 37.700 falecidos”, afirmou a organização.

Mais de 30,6 milhões de casos e 950.000 mortes foram registradas desde que a covid-19 foi detectada no fim do ano passado na China.

O número de casos positivos reflete apenas uma parte do total, devido às políticas díspares dos países no momento de diagnosticar a doença, pois alguns fazem testes apenas com pessoas que precisam de hospitalização. Além disso, em muitos países pobres a capacidade de organizar testes de diagnóstico é limitada.

Por países, Estados Unidos, o mais enlutado do planeta, e Brasil, o segundo mais afetado em número de mortes, continuam registrando os números mais elevados de vítimas fatais, com mais de 5.000 óbitos cada na semana passada.

O continente americano, que concentra metade dos casos registrados no mundo e 55% das mortes acumuladas desde dezembro, registrou, no entanto, uma queda de 22% no número de falecimentos desde a semana passada, graças a uma redução em países como Colômbia, México, Equador e Bolívia.

Por regiões, a Europa, cenário de importantes novos focos, contabilizou 4.000 novas mortes e foi o continente com o maior aumento no número de óbitos (+27% na comparação com a semana anterior).

O sudeste da Ásia, que registra 35% dos novos casos, contabilizou 9.000 mortes na semana passada e superou a marca de 100.000 vítimas fatais desde o início da pandemia.

Na África, a covid-19 parece perder força e na semana passada o continente registrou queda de 12% no número de casos e de 16% no número de mortes.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Raro fenômeno da lua azul ocorrerá durante o Halloween, saiba o significado

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago